m

Turma da Mônica
Durante todos esses anos em que realizo oficinas de quadrinhos ou organizo uma exposição de artes gráficas – algumas delas dialogavam diretamente com quadrinhos, como por exemplo na Mostra “Releitura do Batman” ou “75 anos do Homem-Aranha”, ou ainda na mostra virtual “A Vez dos Vilões” – me permitem afirmar que sim! Histórias em quadrinhos é coisa de criança como muita gente pensa e fala comigo. As vezes não diretamente comigo, mas eu acabo escutando..rs
É natural, pessoas que não estão muito próximas do universo dos quadrinhos, e cujo contato se limitava a ser pelos veículos publicitários mostrando a Turma da Mônica. A Turma da Mônica é POP definitivamente. A Turma da Mônica esteve durante um loooooongo período tendo a criançada como público alvo. O conteúdo para o público juvenil é muito recente, então, nem conta nessa reflexão.
O fato é que num país onde a grande produção de quadrinhos tem um caráter autoral, e o grande sucesso é voltado para o público infantil, a crença de que HQ é coisa de criança possa se estabelecer em muitas pessoas.

O que pode mudar na percepção e entendimento da expressão gráfica que chamamos de HQ pode ser na observação e diferenciação de “FORMA” e “CONTEÚDO”. E fica ainda mais fácil observar outras expressões como cinema, teatro e música. Nessas expressões, normalmente as pessoas conseguem tirar de letra o entendimento entre forma e conteúdo. Todas essas expressões citadas são para crianças, mas também para adultos. Depende do conteúdo e para qual público os autores focaram sua produção. Porque com os quadrinhos seria diferente?

Se entendermos que a característica de uma história em quadrinhos não é o traço, a cor, ou tema, podemos começar a entender melhor o que é forma e conteúdo. Eu já ouvi diversas vezes pessoas querendo me explicar que deseja um desenho, tipo “história em quadrinhos”, se referindo a um traço como o do Walt Disney ou Maurício de Sousa. É tão desconcertante! Rsrsrsr Mas não dá pra embarcar nessa reflexão, afinal, o desenho de Frank Miller não se caracteriza como um desenho para HQ?

E você? O que pensa sobre isso?

:: Wilton Bernardo
Artista visual, designer gráfico, cartunista e artesão
Gestor da Oficina HQ e da marca Laço Afro

oficina-quadrinhos-banner

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Close